SIMARSUL integra investigação europeia inovadora para eliminação de contaminantes emergentes em ETAR

A Participação da SIMARSUL num projeto de cooperação transnacional contribui para o desenvolvimento tecnológico de um sistema baseado no processo eletrocinético.

 

No passado dia 29 de outubro a SIMARSUL participou na reunião de consórcio dos projetos 4KET4Reuse e CEMOWAS, que decorreu na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova (FCT NOVA). Nesse dia foi realizada uma sessão pública, onde foi apresentado o projeto 4KET4Reuse e a sua capitalização nos projetos CEMOWAS2 e TWIST, e uma reunião com o consórcio onde foram discutidos os detalhes técnico-científicos dos trabalhos desenvolvidos.

O projeto 4KET4Reuse é financiado pelo Programa de Cooperação Interreg SUDOE, aprovado pela Comissão Europeia, e envolve parceiros portugueses (FCT NOVA e Madan Parque), espanhóis (CENTA, CSIC, Nanoeletra), franceses (IRD) e conta com a SIMARSUL como parceiro associado em Portugal.

Este projeto tem como missão aportar novas tecnologias para eliminar contaminantes emergentes de efluentes de ETAR no espaço do Sudoeste da Europa e a sua promoção neste mercado, rompendo as barreiras entre a investigação académica e o setor da água, e promovendo a criação de emprego. A participação da SIMARSUL neste projeto de cooperação transnacional contribui para o desenvolvimento tecnológico de um sistema baseado no processo eletrocinético.

O CEMOWAS2 é um novo desafio dentro do conceito de economia circular aplicado às competências das autoridades locais no que refere aos serviços de gestão de resíduos orgânicos e dos produtos dos processos de tratamento de águas residuais: lamas e efluentes. Este novo modelo de gestão visa uma mudança de paradigma em que “o desperdício se converte num recurso”, o que permitirá reduzir o impacto no meio ambiente e favorecer o desenvolvimento de novos modelos económicos.

O planeamento dos próximos trabalhos inclui, entre outras iniciativas, e no que respeita ao desenvolvimento da tecnologia baseada no processo eletrocinético, o desenvolvimento do projeto piloto que deverá começar os seus testes em 2019, com o apoio do Laboratório de Operação da SIMARSUL, na ETAR da Quinta do Conde.

 Para mais informação consultar aqui:

   - Comunicado de imprensa

  -  Folheto de divulgação do projeto 4KET4Reuse

   -  www.4KET4Reuse.eu

  -  www.cemowas2.lald.eu/pt